sexta-feira, 15 de junho de 2012

Júlia caiu em si

Esta é a continuação da história da  vida de Júlia, você pode ver o primeiro capítulo aqui http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/2012/06/julia-foi-vencida-pelo-cansaco.html, como graças a Deus, a maioria gostou, estou dando continuação ao conto, espero que gostem da continuação também, ainda estou me aprimorando na escrita.
Obrigada ao amigo Felisberto Junior do blog (In)feliz pela linda homenagem em seu blog, eu realmente amei!
Vamos ao conto.


Júlia tomou um banho, foi embora para sua casa, ainda como os pensamentos atormentando sua cabeça. O que ela tinha acabado de fazer? O que ela iria fazer agora? Como ela iria enfrentar seu marido, seu filho? Não fora essa edução que tivera.
No outro dia foi trabalhar, cumprimentou Ricardo com um simples bom dia, e ele retribuiu da mesma maneira, já na hora no almoço o viu cortejando uma estagiária. Eu fui apenas uma conquista, pensou, e não falaram mais no assunto, foi apenas um "caso" para ambos.
Os dias se passaram e Júlia estava cada vez mais mal, ela tinha que contar para alguém, senão iria explodir de tanta culpa, então contou para sua melhor amiga Marina. Ela quase caiu de costas:
_ Como você pôde fazer isso Júlia? Você tem tudo que qualquer mulher gostaria de ter!
_ Obrigada Marina, agora você me deixou bem melhor!
_ Me desculpe amiga, eu sei que você está mal, mas deveria ter pensado nisso antes de ter feito essa besteira!
_ De novo Marina! Se soubesse que você iria só me dizer o óbvio nem teria te contado, é que eu precisava desabafar, senão iria explodir, e nem pensar contar para minha mãe.
_ O que você pensa em fazer agora?
_ Eu ainda não sei, quando o Paulo chegar eu vou decidir, mas estou pensando em contar para ele.
_ Não! Você está louca! Ele vai se separar de você. Você nunca ouviu dizer que o que os olhos não veem o coração não sente?
_ Eu sei, mas eu o amo, e errei, e minha consciência já está pesada sem  vê-lo, imagina quando eu tiver que encará-lo, acho que não vou conseguir, sinceramente não sei como as pessoas conseguem.
Finalmente chegou o dia em que Paulo voltou de viagem, veio todo alegre, sem saber de nada, cheio de amor para dar, com presentes para Júlia e para o filho.
Se abraçaram por um tempão, ele perguntou se estava tudo bem e ela disse que sim, depois deixaram Matheus com uma babá, saíram para jantar, dançar e comemorar seu retorno ao lar.
Ah como foi bom, sempre era bom o retorno de Paulo, Júlia ficou pensando mais uma vez porque tinha tido o deslize, porque com Ricardo era apenas atração sexual, passou no mesmo dia, mas com Paulo era diferente, eles se amavam, era muito melhor, não era só prazer, era paixão, era amor, tudo junto e unido, eles eram um, ele era o homem da vida dela.
No outro dia Júlia estava mais calada que o costume, Paulo estranhou, perguntou novamente se estava tudo bem, daí ela não se conteve começou a chorar, depois de chorar muito, começou a falar.
Paulo ficou ali parado, sem poder acreditar nas palavras de Júlia, não era a mesma mulher que ele amava, não era possível que ela tinha tido coragem de ter feito isso com ele, não ela, não, ele ficou desolado, abalado, tudo que ele acreditava estava caindo por terra.
_ Fala alguma coisa Paulo, por favor, você consegue me perdoar? Foi só uma vez, eu juro!
_ A minha vontade é de matar esse infeliz Júlia, agora mesmo! E quanto a você, eu te amo, e até te perdoo, mas dizer que o nosso casamento vai ser o mesmo, acho difícil, pois sempre esteve baseado na confiança, e eu perdi a confiança em você a partir de hoje.
Paulo fez as malas, e Júlia apenas observava, sem poder fazer nada, ela era culpada e causadora de tudo aquilo, ela tinha afundado seu casamento.
Quando Paulo estava na porta, Matheus veio se despedir e disse:
_ Papai você já vai? Você acabou de chegar!
_ É filho, o papai tem que ir agora.
_ Quando você vai voltar papai
Paulo deu um beijo e um abraço apertado no filho e disse:
_ Só Deus sabe filho, só Deus sabe!






Espero que tenham gostado. Um beijo a todos.
Um ótimo final de semana!

77 comentários:

  1. Uau, que triste !! Pena isso, mas ela não saberia viver com o segredo lhe atormentando.Era muito honesta, creio... Lindo,gostei muito!! beijos,tudo0 de bom,chic

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica
    Obrigada pelo carinho de sempre aqui no meu blog, é foi triste, mas ela teve que contar a verdade, mas terá continuação ainda, vamos ver o que acontece.....
    Bjão e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  3. É triste , mais a decisão de Paulo foi a melhor , acho que a confiança é ÚNICA , que uma vez quebrada , jamais poderá se recuperar..amei Lú! <3

    Beeeeeeeijos!

    www.spiderwebs.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina
      Obrigada pelo elogio querida, eu escrevi hoje tão rápido, conforme ia fluindo, mas deixando espaço para continuação ainda.
      Bjão da tia Lú.

      Excluir
  4. Oi Luciana, bacana vc continuar a história, que complicadinha essa vida da Julia, mas acho que ela precipitou em ir contando logo p o marido sem saber dos sentimentos verdadeiros dela, pelo rapaz ou por ele, acho que ela deveria ter amadurecido mais o que ela realmente deseja, separar? ficar com outro? Acho que nem ela está sabendo! Coitado do marido! Bjoooooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kellen
      Gostei do seu comentário, você foi sincera, e eu gosto disso nas pessoas, também sou assim, será que a Júlia está confusa ou foi eu quem fiz confusão ao escrever? (kkkkkkkk), mas vai ter continuação, eu quis deixar de um jeito que a pessoa tivesse essa impressão, mas o marido é um coitado mesmo (kkkkkk), ninguém merece uma esposa assim.
      Bjão amiga e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  5. Não imaginei que fosse dar continuidade ao conto, mas adorei. Há quem supere situações da natureza, mesmo com a quebra da confiança, que pode ser readquirida. Mas há também quem não consegue mais viver com a pessoa, sem imaginá-la nos braços de outro. Você começou a narrativa e espero que ela não termine aqui (rss). Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marilene
      Que bom que você gostou, você disse bem, tem pessoas que superam, outras não. Será que Paulo irá superar? Isso você verá no próximo capítulo (kkkkkk).
      Bjão querida e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  6. Eu gostei Lu. Não achei triste, mas real e acho que foi bom justamente por isso. Com relação a outra parte eu tive a impressão de que o ritmo mudou um pouco.
    Ah, e esperei que trouxesse a tona também a questão da falta do marido para a esposa e para o filho e o modo como a busca dele pelas coisas materiais influenciava a família. Acho que é um tema interessante que se quiser pode tratar em algum momento na outra parte do conto.
    Espero a continuação!

    Beijos,
    http://www.ideias-defenestradas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mallu
    Muito obrigada pelo comentário sincero, que me acrescentou muito, pode acreditar! Eu já tinha em mente a continuação, mas esse comentário completou o meu conteúdo. Espere e verás........
    Bjão querida e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  8. Olá!Boa noite!
    ...sim...meio triste, porém real...e também, penso que "quebrada a confiança", Paulo tinha que tomar uma decisão...quanto à ela, creio que foi apenas uma "aventura imatura", pela "falta do marido", mas que teve seu preço...vamos aguardar...
    ...vamos que vamos!
    Obrigado pela "menção" carinhosa!
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Felis
    As pessoas estavam esperando a reação do Paulo, então eu escrevi, e deixei um pouco para o final da "trilogia" (kkkkkkkk). Quanto a menção, não foi nada fofinho, comparada ao que vc fez por mim, vc é um amigão.
    Bjão querido e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  10. Um lindo conto, como o Felisbeto falou... Um pouco triste, mas bem real! Poderia acontecer facilmente por aí!

    Lú, vc sabe escrever contos. E cada vez vai ficar melhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André
      Puxa vida, ganhei a semana, um elogio seu, que considero um padrinho, um veterano e um grande escritor da blogosfera! Isso me anima a continuar escrevendo. Eu pensei numa trilogia da história da Júlia, então terá mais um capítulo e acabará. Quem sabe com este tipo de incentivo eu não crio outras?
      Bjão padrinho e um ótimo final de semana.

      Excluir
  11. Ola Lu,

    Bem, eu sempre sou a favor da verdade, mesmo nas situações mais inusitadas, pois uma mentirinha hoje pode alcançar grandes proporções amanhã. Foi bem melhor a Júlia contar a verdade agora, do que saber por terceiros anos a frente, não? Dessa forma, além dela ter a consciência de que fez o correto, a chance do marido perdoar também é bem maior! Vamos aguardar os próximos capítulos!

    Abraços, Flávio.
    --> Blog Telinha Crítica <--

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flavinho
      Eu concordo plenamente com você, e você parece que já me conhece bem né? Pelo seu comentário, você captou a essência da personagem. Tu é um cara esperto einh?!
      Bjão amigo e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  12. Lucianinha, queridona!
    Apesar do cansaço em função da minha mãezinha, decidi vir, porque a leitura no blog dos amigos é uma coisa prazerosa e agradável.
    Penso que a personagem Júlia está sendo escrita com bastante coerência, numa sequência lógica muito boa de como ela já vinha se comportando anteriormente na primeira parte, apesar da traição. Se fosse outra personagem poderia ter agido diferente. Vamos agora observar o que o Paulo vai fazer, ser ficará assim, enfim. Pelo que entendi terá uma continuação, não é mesmo?
    Segue escrevendo, amiga, assim você se exercita e nós leitores te agradeceremos por isso! haha

    Beijos e ótimo fim de semana para ti e a família bonita *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cissa queridona
      Obrigada pelo comentário incentivador, apesar do cansaço e de ter que dar atenção a sua mãe, você é uma queridona mesmo, não vai quebrar o record, você não ficou sem comentar em nenhum post meu, até agora, pensei que você ficaria sem comentar neste, mas não ficaria chateada pois sabia o motivo, mas como eu disse você é uma queridona e deu um "jeitinho" kkkkkkkk.
      Obrigada pelo elogio, elogios são sempre bem vindos, mas quando vem de pessoas como você que dispensa comentários como escritora, faz muito bom para o ego, e me dá mais incentivo para continuar escrevendo, com certeza! E vai ter continuação sim, será uma trilogia a história de Júlia, depois com tanto incentivo talvez eu comece outra história.
      Bjão queridona, melhoras para mamãe, e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  13. Oi Lu,

    Tudo bem? Gostei do desfecho, embora a dúvida do perdão ainda esteja no ar. Hoje escrevi sobre infidelidade, pois um grande amigo meu viveu o drama e não entende até hoje a situação que levou o fim da relação.

    Na minha opinião, penso se a traição acontecer, deve-se pensar no fim, pois há falta em um dos lados. Vejo que não há como segurar o amor em correntes e e se for o caso, deve-se prosseguir, sem olhar para trás. Claro que o perdão pode existir, mas prefiro pensar como o fim de algo e o começo de outro novo, mesmo que seja com a mesma pessoa.

    Penso que perdoar não é zerar e aí só o tempo, as circunstâncias e, claro, o desejo de reedição para tocar a relação.

    Muito bom o texto! Você está cada vez melhor!

    Bom sábado e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lú maravilhosa
      Você sempre com seus comentários que são deliciosos de ler, como seus textos, eu já li seu texto de ontem, e já fui a primeira a comentar, maravilhoso como sempre, concordo com você quanto a perdoar a traição, é difícil, mas a história de Júlia vai ter mais um capítulo e daí acabará. Será que Paulo vai perdoá-la? Será que o amor dele vai superar tudo? kkkkkkk. Obrigada pelo elogio minha querida amiga, não tenho palavras para agradecer, vindo de você que escreve esses textos tão complexos, vejo que estou no caminho certo.
      Bjão amiga querida e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  14. Thanks, wish you a great weekend.

    ResponderExcluir
  15. Luzinha, então você voltou com a continuidade do conto!

    Olha só, sem querer defender um ou outro, mas penso que o Paulo tbem tem "culpa" no cartório. Acredito que um casamento não se destroi apenas com a atitude de um! Os problemas chegaram nesse ponto não somente por causa da Julia...

    Depois de longos dias ausente, agora estou de volta!!!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  16. A verdade acima de tudo! Maravilhoso Luciana, gostei!
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rui
      Muito obrigada pela visita, você é sempre tão atencioso comigo, estou em falta contigo meu amigo. Obrigada pelo elogio também, mas ainda vai ter mais um capítulo, não perca o final da história, na semana que vem.
      Bjos e um ótimo final de semana.

      Excluir
  17. Olá Luciana,

    A traição é algo doloroso por demais. Todavia,não dá para avaliar o comportamento de Júlia isoladamente. Ela estava muito só e carente da presença do marido, o que a tornou frágil, apesar de suas convicções e de sua boa formação. Por outro lado, Paulo, valorizando por demais a parte material, deixou de priorizar o essencial, sua família.
    Na balança, ambos têm parcela de culpa. É claro que nada justifica uma traição, mas quando existe um amor forte e verdadeiro há condições de superação desta crise. Com um pouco de boa vontade e muito amor eles poderão construir um novo início para a relação de ambos. É a minha torcida.

    Gostei muito e aguardo a continuação.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera
      O primeiro post eu vi mais o lado da Júlia, daí algumas pessoas me pediram para eu ver o lado do Paulo, e eu atendi, eu sou assim, eu tento agradar a todos, mas nem Jesus conseguiu né?! kkkkkkkk. Então agora vai ter o último capítulo da "trilogia" Júlia e Paulo, vamos ver o que a maioria vai achar, a história já está feita na minha cabeça, é só colocar no papel, quero dizer no blog, espero que você goste minha querida amiga, será na semana que vem.
      Bjão e um ótimo domingo.

      Excluir
  18. Luciana, quando a gente é jovem os namoros sempre são assim, né? Mas olha pelo lado bom, deu certo. Você casou com ele. rsrs

    Beijos e bom fim de semana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos
      Me desculpe querido mas eu não entendi o seu comentário, tem a ver com algum comentário meu no seu blog, que eu não me lembre? Porque no texto eles são casados, e é uma ficção, não é a minha vida (kkkkkkk). Quero te falar que te admiro como poeta, tanto que no meu penúltimo post eu fiz uma homenagem aos poetas que conheço da blogosfera, eu fui até o seu blog, mas você colocou alguma proteção que não me permitiu copiar o poema que eu havia escolhido, por isso não consegui colocá-lo entre os homenageados, mas saiba que adoro seus poemas de verdade.
      Bjos. e um ótimo domingo.

      Excluir
  19. Eu não contaria. Pode ser que ele queira perdoa-la, mas, duvido que consiga. O relacionamento, dificilmente, voltaria a ser o mesmo. Eu não faria mais isso, e me perdoaria. Qual a utilidade do contar, a não ser acabar com o casamento.
    É bonito dizer: temos que ser sinceros a qualquer preço, mas, na real, será que é bem assim? Pelo menos, não é o que eu vejo na realidade em relacionamentos em que aconteceu uma traição. Falo do geral, pode, evidentemente, haver exceções.
    Muito bom, o conto. Super beijo, Lú. Bom domingo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fatima
      É sua opinião, eu respeito, e para isso existem os blogs, e a opção de comentar nos blogs, essa é a opinião de muitas pessoas, com certeza. Obrigada pelo elogio querida, e pode aguardar que na semana que vem vai ter o último capítulo.
      Bjão e até segunda, se Deus permitir.

      Excluir
  20. Luciana

    Este conto está maravilhoso.Estou torcendo para o Paulo perdoar.
    Foi só um deslize? Vai haver o próximo capítulo?
    Vou aguardar.
    Um lindo domingo
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elisa
      Muito obrigada pelo elogio! Acho que a maioria está torcendo pela união do casal. Quem não gosta de finais felizes? Vamos ver, na semana que vem tem o último capítulo.
      Bjão e um ótimo domingo.

      Excluir
  21. Já estou curioso pela continuação Luciana, achei legal você ter trabalhado em seu texto a consequência dos atos da personagem, pois na vida as coisas são geralmente diferentes da ficção e responsabilidades, talvez terríveis, vêm das escolhas mal feitas...

    Parabéns pelo excelente post amiga! Abração!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno
      Obrigada pelo elogio ao conto, você é uma das pessoas que admiro muito na blogosfera, e foi um dos primeiros blogs que conheci, você tem muito conhecimento técnico, então é ótimo receber um elogio seu. Pode deixar que semana que vem tem o último capítulo desta história, talvez ela seja igual aos dos filmes (kkkkkkkk).
      Bjão querido e um ótimo domingo.

      Excluir
  22. Oi Lu, minha irmã de fé, como está você?

    Ótima continuação, porém triste e com um desfecho trágico, e como sempre digo, não há vencedores numa infidelidade, o rastro é de choro, amargura e corações partidos. Há o perdão, mas mesmo se perdoando, a confiança que é a base de um relacionamento é estilhaçada, e não há relacionamento sadio sem confiança. No exemplo acima, o Paulo fez aquilo que achou melhor fazer, poderia ficar e tentar juntas os cacos quebrados, mas isso é uma escolha pessoal de cada um que passa por uma nefasta situação desta. E geralmente Lu os finais dessas histórias são tristes assim. Parabéns pelo conto, muito bem escrito e cativante.

    Olha Lu, estou com o meu tempo muito reduzido, por isso tá difícil colocar em dias minhas postagens e os comentários, mas mesmo assim virei aqui sempre, pois amo teu espaço aqui, ok?

    Abração pra ti amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cheng
      Muito obrigada pela consideração, meu irmão de fé, sei que você tem uma vida muito atarefada e mesmo assim tem tido um carinho pelo meu blog, isso se chama amizade. Muito obrigada pelo elogio, vindo de você, uma pessoa que admiro tanto, fico muito agradecida e encorajada. No primeiro capítulo eu escrevi da perspectiva de Júlia, agora de Paulo, mas ainda vai ter o capítulo final na semana que vem, espero que você veja para fazer uma avaliação.
      Bjos. e um ótimo domingo para vc e para Michel.

      Excluir
  23. Oi, Luciana, eu adoro finais felizes! Será que o dessa história será? UM abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia
      Que bom que você voltou! Estou em falta com você, é falta de tempo mesmo, mas vou visitá-la, pode deixar. Quem não gosta de finais felizes? Pode deixar e aguardar que na semana que vem eu vou colocar o último capítulo dessa história, espero que você leia e goste.
      Bjos. e um ótimo domingo.

      Excluir
  24. Olá Lu! Legal você ter aceitado fazer uma continuação como nós sugerimos.
    Minha opinião a respeito da trama é mais ou menos uma mescla da opinião da Joicy e da Fátima. Se houve traição, houve parcela de culpa de ambos os lados. Julia cometeu um erro, certamente. E um erro grave. Porém, contá-lo de cara somente para "aliviar" a consciência, cujo resultado óbvio seria a ruína do casamento sem pensar no filho, foi um ato inconsequente e de certo modo egoísta. Apenas para se sentir melhor consigo mesma e tenho certeza que não se sentiu, do contrário, deve ter ficado pior.
    Foi tudo muito rápido, mesmo ela tendo certeza que o que queria agora era Paulo, devia repensar como reconstruir e perdoar-se primeiro pelo seu erro. Se realmente visse que o casamento não ia dar certo, aí sim, com a cabeça mais fria sugerir a separação, decidindo contar ou não o motivo, mas sem este radicalismo, com as coisas já organizadas, ou seja, preparada para esta situação que, de qualquer jeito seria dolorosa, mas mais amena quando não ocorre neste impulso, acredito eu.
    Este é meu modo de pensar, uma pessoa só pode ser perdoada quando perdoa a si mesma. Traição é um erro terrível, mas há outros muito piores e, se ela chegou a este ponto, sua amiga está muito errada em afirmar que ela seja uma mulher que tem tudo o que qualquer mulher gostaria de ter.
    Eu acho bem difícil ela obter o perdão de Paulo, a não ser que este seja um conto cristão, porque realista, o resultado do que ela fez foi óbvio, destruir todos estes anos por confessar uma aventura extra-conjugal para "se sentir melhor".
    Lu, não me leve a mal, vou fazer apenas uma crítica sutil. É sobre alguns vícios de linguagem que não é bom que se faça uso dos mesmos em contos, livros ou qualquer texto como "cheio de amor para dar", "esperança é a última que morre", expressões muito populares em geral. Receba não como uma ofensa e sim, uma ajuda. Por uma crítica construtiva que recebi estes dias, vou ter que reescrever grande parte de um livro imenso porque escrever exige muita disciplina, independe se profissionalmente ou não, até mesmo em uma redação quando não levamos a público, devemos ter certos cuidados. Eu, por falta de pesquisa, acabei por dar uma pausa em minha série e reavaliá-la. E não sei quanto a você, mas eu fico muito grato quando alguém me alerta sobre um erro. É diferente daquela coisa antipática de querer criticar erros de ortografia e digitação, é uma crítica sobre construção de texto e isto ao meu ver é muito relevante. Contudo, se você não gosta, avise-me por aqui mesmo, ok?
    No demais, está ótimo, leitura flui muito bem, não é cansativa com descrições extremas (nisto escrevemos bem parecido) e aguardo o final desta trilogia.
    Até o próximo episódio.

    ResponderExcluir
  25. Oi Chris
    Cara você é demais! Eu dei risada sozinha com o computador lendo o seu comentário, acho que o Marcos já está acostumada, nem liga mais (kkkkkk). Eu adorei seu comentário, do início ao fim, tudo que você disse é realidade, eu sou cristã e é meu primeiro conto, então não tem jeito de não puxar sardinha para o meu lado (kkkkkk). Quanto a crítica, eu tenho que dizer muito obrigada, apesar de você ser bem mais jovem do que eu, você é um baita de um escritor, um veterano, então de coração eu te agradeço, eu sou o tipo de pessoa que aceito críticas construtivas, e sei que a sua é, porque você é meu amigo e parceiro, está falando para o meu bem, vou procurar corrigir os erros, qualquer coisa pode "puxar minha orelha".
    Valeu parceiro!
    Bjão e um ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  26. Olá, minha queridaaaa!!!
    Passando só pra deixar meu OI caloroso para você.
    Ainda não li seu conto, então prometo voltar e comentar algo de útil quando ler tudinho, ok?

    Xerão!!!
    Cléo - Acesse o blog Vejo Por Aí... Onde o útil, o fútil e o inútil se encontram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cléo
      Obrigada pela visita, aguardo seu retorno, e assim que der você sabe que sempre dou uma passada no seu blog, porque é muito legal!
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  27. Oi Lu, amei e quero maiiissss!!
    E aí, ele volta ou não?
    segue sua vida ou vai dá uma chance aos dois?
    Beijinhos querida!!
    Parabéns mais uma vez!!
    http://aquifofura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Shirley
      Obrigada pelo comentário carinhoso, que bom que gostou! O capítulo final será escrito na semana que está iniciando.
      Bjão e uma ótima semana.

      Excluir
  28. Depois das escolhas feitas, tanto de um lado quanto de outro, as consequências não tardam. É triste, mas, tudo se conduziu até o momento... Belo conto!


    ;D

    ResponderExcluir
  29. Oi Karla
    Obrigada pela visita, e obrigada pelo comentário, que foi o mais imparcial até agora, espero que você volte para ver o final que será esta semana ainda.
    Obrigada pelo elogio também, pelo que você escreve, vejo que escreve muito bem.
    Bjos. e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  30. Oiee boa noite Luciana querida!

    Que bom vir aqui e encontrar a continuação do conto, pois eu pensava que não haveria! Que bom que houve!

    Quando o tema é traição, mesmo aqui na ficção da tua estória, não sei como vai terminar, porque a Julia me pareceu imatura demais, volúvel demais, e aí, minha amiga, você vai ter um certo trabalho pra fazer o Paulo, que me pareceu um excelente marido, reatar a relação com ela...Perdoar, até pode ser, mas há de ser um perdão incondicional, porque se não o for...ai ai ai...crises a vista nesse casamento.

    No mais, Luciana amada, parabéns pela maturidade ao concordar com o nosso amigo Christian, que a orientou sobre os vícios de linguagem, aliás, muito compreensíveis pra quem está iniciando a arte de escrever.

    Tenha uma nova semana cheinha de coisas boas e alegrias!

    Beijossssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lú
      Seus comentários são tão gostosos de ler, como seu blog, você como poetisa tem tanta facilidade com a escrita, não foi só você que não gostou muito do jeito que eu conduzi a Júlia, mas como eu falei para o Christian o meu lado cristão falou mais alto, seria o que eu faria, então passei para o papel, quero dizer para o blog. Agora estou até com receio do desfecho que irei dar para a história, mas já está pronto, vamos ver se você irá gostar.
      Quanto as críticas, eu sinceramente aceito críticas, quando sei que são para o meu bem, numa boa, o Chris é um fofo, sempre amigo, como eu disse, ele já é um escritor, eu estou começando, engatinhando praticamente (kkkkkkk).
      Bjão amiga querida e uma ótima semana.

      Excluir
  31. Olá!Boa noite!
    amiga...
    obrigado pela resposta acima e pelo comentário e visita em meu blog!
    ...nossa...todo mundo que leu meu post...ficou meio tristinho, ou, já estavam...
    Boa semana!
    Beijos com carinho
    ..fui...começando o meu tour blogosférico agora...afff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felis
      Eu sempre que posso dou uma passadinha pelo seu blog, é que você posta praticamente todo dia, então não dá para eu estar presente em todos os posts, mas procuro estar no máximo que posso, primeiro porque você é um amigo e parceiro, e segundo porque já disse e repito que você é um poeta maravilhoso, mesmo com esse poema "tristinho" kkkkkkk.
      Bjão fofinho e uma ótima semana.

      Excluir
  32. Bom dia Luciana!!!
    Vim agradecer ao seu carinho no blog: Clube Das Amigas Leitoras.
    Li sua história e adorei.
    Me emocionei.
    Acho que ele vai voltar só para visitar o filho mesmo.
    E quanto aos blogs, o meu blog individual é o: http://pequenosgrandespensantes.blogspot.com.br/
    Tenha também uma semana feliz e abençoada.
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia
      Obrigada pelo retorno, por me esclarecer qual é o seu blog (kkkkkk), e obrigada pelo carinho no comentário. Vamos ver qual será o fim da história......
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  33. Olá Luciana,

    Vim agradecer-lhe o carinho em meu recanto e desejar-lhe um excelente dia.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera
      Obrigada pelo carinho, seu recanto é muito aconchegante por isso sempre vou lá. Obrigada pelo seu carinho também sempre aqui.
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  34. Olá Luciana. Todos muito em comum sim porque também percebi que você também acrescenta o que pensa, isto é muito bom, que máximo que temos amigos em comum, também é muito bom, porque são pessoas queridas por nós e isto é um laço de união que somente nós bloqueiros sabemos não é? Também estou seguindo você, moro em São Paulo capital, não tenho filhos e nem sou casada. Seja sempre muito bem-vinda. Com relação a sua mensagem, considero a traição algo que não tem volta, se traiu é porque não ama o suficiente, é complicado opinar, mas penso desta maneira. É melhor mesmo a separação, o rapaz estava certo de sair de casa. Quem não quer um homem assim, atencioso, carinho e ela aida o trai? Vamos rever este conceito de amor, será que é amor da parte dela? Dele eu tenho certeza porque perdoar uma traição é complicado mesmo! Fica com Deus querida. Beijos no coração da sempre amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cecília
      Como eu já disse no seu blog temos muito em comum, eu costumo escrever sobre mim, as vezes arrisco escrever uma ficção, como foi acima, e vai ter continuação, a última parte, será que Paulo vai perdoá-la ou não?
      Obrigada por expressar sua opinião, é sempre bem vinda.
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  35. OI LUCIANA!
    LEGAL TEU CONTO.
    COLOCASTE BEM, JULIA ERROU, MAS APESAR DE TER PERDIDO O AMOR DE PAULO, FOI SINCERA O SUFICIENTE PARA CONFESSAR SEU ERRO, O QUE EM PARTE A REDIME DA FALTA.
    COMO O TEMPO É UM GRANDE REMÉDIO, QUEM SABE NÉ?
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zilani
      Obrigada pelo seu retorno ao meu blog, e que bom que você gostou do enredo, a maioria não gostou (kkkkk). Espero que você volte para ver a última parte.
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  36. Estou curiosa para ver o seguimento que vai dar ao conto. Vim ver se já o havia publicado (rss). Uma linda semana para você. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marilene
      Ainda esta semana vou dar um fim para a história da Júlia, pode deixar.
      Uma ótima semana para ti querida também. Bjão.

      Excluir
  37. Mais uma vez, gostei muito...!!
    Infelizmente há muitos casais que se casam sem maturidade e, no decorrer do casamento, não seguram o "tranco" e acabam fazendo besteiras, até imperduáveis.
    Beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana
      Que bom que gostou, a maioria não gostou muito do jeito que eu levei a personagem Júlia, que ela não deveria ter contado, mas agora já foi. Será que Paulo vai perdoá-la? Espero que você volte para ver o último capítulo.
      Bjos. e uma ótima semana.

      Excluir
  38. Olá!Boa noite...
    nossa... litoral, com chuva, não dá, né não?
    ...e ansioso pelo jogo de amanhã, então!
    ...como mudei o horário de postagem(antes esperava 00.00 hs, rsrs, para trocar o post) vou fazer DDD...DEITAR, DORMIR DESCANSAR...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa quarta!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felis
      Pois é, fazer o quê? Só ficando no computador mesmo (kkkk). Você é tão atencioso, não sei como arruma tempo para agradecer todos que te visitam todos os dias.
      Bjão fofinho e uma ótima quinta. Espero que o seu Santos vença viu?!

      Excluir
  39. Você está cada vez melhor, estou ansiosa para saber o final...beijos em seu coração e parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Teresa
      Obrigada pelo comentário carinhoso, que bom que você gostou, já estou trabalhando no final, não sei se vai agradar a todos, mas já está finalizado na minha cabeça, só falta colocar no blog, tenho que arrumar tempo.
      Bjão e um ótimo resto de semana.

      Excluir
  40. Olá amiga, vejo que ficou ausente por aki, mas passei p deixar um abraço, estive ausente tbém, bjooosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kellen
      Passa novamente que já tem o término da "trilogia" kkkkkk.
      Bjos. uma ótima sexta e um ótimo final de semana.

      Excluir
  41. Curiosa com o desfecho...e com a conclusão sobre o que afinal teria levado Julia a trair...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yohana
      Para saber o que teria levado Julia a trair você tem que ler o capítulo anterior "Julia foi vencida pelo cansaço", e o capítulo final eu escrevi hoje "Julia teve uma surpresa", espero que você volte para ver o final, eu gostei, espero que goste.
      Bjos., uma boa sexta e um ótimo final de semana.

      Excluir
  42. Olá Luciana,só li essa parte e estou curiosa rs.Não sabia que vc escrevia ,que bom.Para quem não tem o hábito como vc afirmou está ótimo.Acho que escrever vem mais de um desejo do desabafo,de que ouçam nossa voz em alguma coisa sabe...Aproveito e te chamo para ler minha nova estória,é um prazer ler sua opinião.Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milena
      Obrigada pelo elogio, o começo da história está aqui mesmo, e o final escrevi hoje, espero que você volte para ler. Pode deixar, assim que puder dou uma passadinha no seu blog, eu gosto do seu jeito de escrever.
      Bjos. uma ótima sexta e um ótimo fim de semana.

      Excluir
  43. Boa noite, Luciana.
    Muito boa a sequência do conto, parabéns.
    Todos nós erramos na vida, o que faz a diferença é a atitude que tomamos perante esse erro.
    Julia se arrependeu e agora procurará o perdão do marido, que decidirá se o casamento deles continuará ou não.
    Abraço, Luciana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacques
      Obrigada pelo elogio mais uma vez, a maioria não gostou da atitude de Júlia, mas você pensa como eu, a verdade tem que prevalecer sempre.
      Bjos. uma ótima sexta e um ótimo final de semana.

      Excluir
  44. Bom, agora lendo a segunda parte, vi que ela foi motivada por mero desejo. Acho que o gesto dela contar ao marido sobre a traição foi sinal de amor e consideração. Mas me pondo no lugar do Paulo, também perderia a confiança nela.
    Quem mais sofre nessa história, como sempre, são os filhos...
    Seguindo adiante, porque agora fiquei curioso com o final, hehe.
    Até.

    ResponderExcluir
  45. Oi Angelus
    Que bom que gostou do gesto dela, acho que agora já está empatado entre aqueles que gostaram do gesto dela e os que não gostaram (kkkkkkkk). Vamos para o final.......... Espero que goste.
    Bjos. e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  46. Nossa!! A Julia foi honesta e levou um fora, não quero dizer que ela seja inocente e certa de suas ações, mais o Paulo deixou caminho livre, deixou ela carente de afeto e atenção, somos mulheres, somos movidas pelo amor e calor, se nos falta isso, abrimos uma pequena brexa para que alguém com o poder de sedução como o Ricardo entrar... sejamos sinceros a Julia não é a culpada por tudo, o Paulo poderia ter sido mais presente na vida dela.
    Nõa li os comentários acima, estou dando minha opinião, sou mulher, gosto de carinho, gosto de almoçar junto, ficar juntinho... o homem não pode dar a desculpa que o trabalho não deixa isso e aquilo.
    Minha opinião... rsrsrsrsrs
    Luciana isso é polêmico hein!?
    =D

    ResponderExcluir

Os comentários estão moderados, é melhor assim! Sua opinião é importante para mim!
Obrigada! Volte sempre!